DestaquesDouradosMato Grosso do SulPolítica

Aeroporto de Dourados terá ampla reforma com pista maior e novo terminal

Obras deixarão o Aeroporto Regional de Dourados mais moderno e funcional

O prefeito Alan Guedes esteve no aeroporto nesta quinta-feira (25) para tratar da execução do cronograma de reforma do Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira, em Dourados. Com investimento de R$15.196.212,11, a obra será dividida em duas etapas para completa reestruturação e ampliação do local.

Os serviços serão executados pelo Exército Brasileiro, por meio do 9º Batalhão de Engenharia de Construção, em conjunto com a SAC (Secretaria de Aviação Civil), Governo do Estado e Prefeitura de Dourados. Inaugurado em 1982, é a primeira vez que a unidade receberá uma obra desse porte. “Houve outras reformas pontuais, mas nenhuma do tamanho dessa, teremos um aeroporto novo”, informou o diretor do aeroporto, Juliano Domingos.

Prefeito Alan Guedes apresenta cronograma de reforma do Aeroporto Municipal

Da Assessoria

Com a obra, a pista de pouso passará a ter 1.775 metros de extensão, já na primeira fase, em novembro de 2021, e chegará a 2240 metros em setembro de 2022, com sua conclusão. “Com a reforma poderemos atender aeronaves maiores, receber outras empresas, consequentemente mais destinos, o que aumenta renda e gera economia para cidade”, explicou Juliano.

O espaço físico também será totalmente ampliado. Um novo terminal de embarque será construído, cerca de três vezes maior que o atual, além de uma nova sala de EPTA (Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo) e uma nova seção contra incêndio, que é o prédio do Corpo de Bombeiros no local.

O cronograma foi apresentado à comunidade portuária que teve, pela primeira vez, a oportunidade de tratar diretamente com um gestor municipal sobre o assunto. Durante a apresentação o grupo ressaltou que além da ampliação do cumprimento da pista, aumentar a largura da pista é fundamental para que o aeroporto mude de categoria e possa atender voos em dias de chuva ou vento, por exemplo.

O prefeito Alan Guedes lembrou que, apesar do projeto ter sido elaborado há mais um ano, irá buscar formas de atender o pedido. “O envolvimento da categoria deveria ter acontecido desde o primeiro momento, não temos como alterar o que foi decidido antes de assumirmos essa frente. Agora vamos articular com a SAC e buscar recursos para que essa alteração na largura da pista também possa acontecer”, explicou o chefe do executivo.

Para execução da obra e por exigência da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o aeroporto ficará fechado entre os meses de maio e outubro deste ano, na primeira etapa, reabrindo de novembro a fevereiro e fechando para execução da segunda etapa de março a setembro de 2022.

 

JT

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar