Ação CriminosaDestaquesMato Grosso do Sul

Com vestígios de sangue pela casa mãe descobre que filha foi estuprada

A garota contou que conheceu o estuprador pela internet

Homem de 22 anos, foi preso domingo (9) na cidade de Angélica, cerca de 323 quilômetros da capital pelo estupro de uma menina de 13 anos. Conforme apurado, a vítima havia conhecido o suspeito pela internet. Este foi o segundo crime de violência sexual registrado no mesmo dia no município. No outro caso, homem de 28 anos também foi preso.

 

Por volta das 7 horas da manhã a Polícia Militar foi acionada até o hospital,onde havia uma mulher relatando que a filha tinha sido estuprada. A mãe contou que ao acordar, se deparou com vestígios de sangue no banheiro, na varanda e no quintal da casa. Ao questionar a menina, a vítima contou que teve relação com um homem.

 

Ela disse quem seria o autor. Juntamente com a Polícia Civil, o homem foi encontrado em casa e afirmou que havia ficado com sua mulher no local de trabalho. O delegado responsável pelo caso, Caio Henrique de Mello Goto, pontuou que o homem manteve contato com a vítima através de uma rede social, e aos poucos a convenceu a manter com ele relação carnal. Ele vai responder por estupro de vulnerável.

 

Outro caso

Na outra ocorrência, um homem de 28 anos foi preso suspeito de estuprar uma adolescente também de 13 anos, em um quarto de hotel, na mesma cidade. O suspeito seria funcionário de um parque de diversão que estava instalado na região.

 

Informações da polícia são de que o pai procurou o Conselho Tutelar para avisar que a filha havia desaparecido por volta das 9 horas da manhã de domingo (9). Ele relatou à PM que tinha visto a menina conversando com o funcionário de um parque de diversão, que estava na cidade.

 

Os policiais foram até o local e receberam informações de que a menina estava em um quarto de hotel da cidade, e que havia sido levada até lá pelo homem. Quando chegaram ao estabelecimento, os militares encontraram a menina no quarto, que confirmou que o homem a havia levado até o referido hotel.

 

De volta ao parque, os militares encontraram o funcionário que admitiu ter mantido relações sexuais com a menina. Ele foi preso e autuado por estupro de vulnerável. A prisão aconteceu por volta das 21h30 da noite de domingo.

 

A Redação.

 

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios