CidadesDestaquesDouradosEconomia

Dourados, MS segue entre as 100 melhores cidades brasileiras para fazer negócio

Conforme estudo exclusivo da consultoria Urban Systems, Dourados é a 66ª cidade mais bem avaliada no ranking 2019 dos 100 municípios brasileiros com população superior a 100 mil habitantes melhores para fazer negócio.

Riqueza atrai riqueza. Com esta manchete a revista Exame, edição de 16 de outubro de 2019, atualiza o ranking das “Melhores cidades para fazer negócio” e, mais uma vez, Dourados aparece entre as 100 principais cidades brasileiras para investimentos, à frente de importantes metrópoles, inclusive capitais de estados.

 

Conforme estudo exclusivo da consultoria Urban Systems, Dourados é a 66ª cidade mais bem avaliada no ranking 2019 dos 100 municípios brasileiros com população superior a 100 mil habitantes melhores para fazer negócio. De Mato Grosso do Sul, além de Dourados, aparecem Três Lagoas, na 76ª posição, e Campo Grande na 82ª posição.

 

Dourados é a quarta cidade entre nove da região Centro-Oeste que aparecem no ranking, ficando atrás apenas de Cuiabá (MT), Goiânia e Catalão (GO). O desempenho da segunda maior cidade de MS é melhor, inclusive, que o de outras seis capitais brasileiras: Manaus (AM), Fortaleza (CE), Porto Velho (RO), Aracaju (SE), Teresina (PI) e João Pessoa (PB), que estão, respectivamente, nas posições 70, 81, 86, 89, 94 e 95.

Elaborado desde o ano de 2014, o levantamento analisa 27 indicadores, agrupados em desenvolvimento econômico, capital humano, desenvolvimento social e infraestrutura. Cada indicador tem um peso conforme a importância e a atualidade, totalizando 26 pontos. A pontuação de Dourados hoje é 10,32.

 

A revista explica que a edição deste ano permite um olhar sobre um período singular e diz que ao longo dos seis levantamentos, o Brasil passou da euforia à recessão – e, por ora, enfrenta uma lenta retomada da economia. Nesse sentido, as melhores cidades para fazer negócio são aquelas que consistentemente investiram em políticas públicas e souberam explorar suas vantagens. “As empresas querem se instalar em lugares com profissionais qualificados, com boa infraestrutura e com qualidade de vida elevada”, afirma Thomaz Assumpção, presidente da Urban Systems.

 

INCENTIVO

 

Para a administração municipal, alguns fatores têm contribuído para que Dourados se mantenha no ranking das 100 melhores. Além de ser pólo de serviços que congrega os interesses de outros 33 municípios do entorno regional, Dourados buscou desburocratizar os processos para investimentos na cidade e incentivos ao setor produtivo. A Lei Complementar 04/2017, assinada pela prefeita Délia Razuk em julho de 2017, assegura tratamento diferenciado no sentido de simplificar os procedimentos de registro e da legalização de empresas e negócios, por intermédio da Lei Geral. A partir da Lei, o município reduziu de 15 para cinco dias o tempo de abertura de empresas, por exemplo.

 

“Não podemos mais pensar Dourados como um município com 215 mil habitantes; a agilidade administrativa que propomos impõe considerar dentro dessa realidade os mais de 800 mil habitantes que formam a região. Somos um pólo diferenciado, e essa Lei Geral vem para convergir os interesses dos demais municípios”, anunciou a prefeita à época da assinatura da Lei.

 

Já o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Gaiofato, reforça que Dourados tem uma lei de incentivo forte, como isenção de ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) sobre a obra, terraplanagem, doação de área e isenção de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), entre outros atrativos.

 

“Dourados tem mostrado capacidade para atrair novos investimentos. Estamos preparados para receber novos investidores. Temos um agronegócio forte, temos um comércio forte, e isso pode ser atribuído às leis de incentivo que o município dispõe. E ainda contamos com o ‘Sistema S’ que tem capacitado profissionais por meio dos mais diversos cursos que oferece. E isso tudo é muito importante para o nosso crescimento”, diz o secretário.

 

Fonte Portal de Notícias de Dourados.

 

 

 

Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close