Ação Social

Vigilância já recebeu 1,1 mil denúncias por desrespeito à quarentena em Campo Grande

Equipes devem fiscalizar de 80 a 100 empresas e comércios nesta quarta-feira

Cinco dias depois do decreto municipal que determina que estabelecimentos comerciais permaneçam fechados em Campo Grande, alguns empresários ainda ‘teimam’ em abrir as portas. A Vigilância Sanitária já recebeu 1,1 mil denúncias contra estabelecimentos que descumpriram a quarentena. A fiscalização continua nos bairros nesta quarta-feira (25).

Substituta do coordenador de Vigilância Sanitária de Campo Grande, Renata Rodrigues Sanches afirma que são 12 equipes na ruas e há previsão de fiscalizar de 80 a 100 estabelecimentos. Nesta quarta (25), o foco da fiscalização continua nos comércios localizados nos bairros de Campo Grande.

Segundo Sanches, no início das fiscalizações as denúncias estavam concentradas em mercados, mercearias e conveniências. Mas, agora, as denúncias são variadas. “Denúncias são de pequenos estabelecimentos que não poderiam estar abertos ao público, como boutiques, lojas de sapato, há grande demanda de mercearias e pequenos comércios de alimento que existem na periferia”, diz.

A fiscalização conta com apoio da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e da Guarda Municipal.

Como denunciar?

Para quem flagrou empresas desrespeitando a quarentena, é preciso fazer a denúncia. A denúncia deve ser feita diretamente na Vigilância através do telefone (67) 3314-9955. ou no Procon Municipal através do (67) 98469-1001.  A fiscalização é feita por equipes da Semadur, Vigilância Sanitária, Sefin (Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento) e apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana).

 

 

 

 

 

Fonte: Midia Max

Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close