Campo GrandeDestaquesMato Grosso do SulNotícias

Artesã campo-grandense disponibiliza bonecos amigurumis na Internet. Confira!

Amigurumi, ou bicho de pelúcia feito de crochê, é uma técnica japonesa para criar pequenos bonecos feitos de crochê ou tricô. Apesar da popularidade de bichos de pelúcia e bonecas, a técnica também é usada para objetos como utensílios domésticos e comida de características antropomórficas.

Normalmente uma atividade realizada por mulheres, embora não haja nada que impeça homens de tricotar ou fazer crochê, em Campo Grande são poucas as pessoas que conhecem a técnica oriental de criar os pequenos bonecos que encantam ao primeiro olhar.

A pedagoga campo-grandense Edna Aparecida de Souza, mesmo depois de fazer especialização em Educação Infantil, preferiu lidar com o artesanato a enfrentar uma sala repleta de crianças ávida por aprender.

E ela é uma das primeiras a se especializar na confecção de amigurumis, produzindo artesanalmente, em média, um boneco por dia. “Como toda técnica de origem oriental, a produção dos amigurumis exige muita paciência” conta Edna que está disponibilizando na Internet vários exemplares de bonequinhos de crochê que ela já criou.

Com preços a partir de R$ 50,00, os bonecos amigurumis são a nova coqueluche do momento e podem ser adquiridos diretamente com a criadora através dos telefones/whatsapp 67 98444-2420/67 99874-0261 ou pelo email ednartped@hotmail.com.br . Interessados também pode acessar fb.me/ednartped e conferir fotos dos bonecos em promoção.

RESSURGIMENTO – A criação de bonecos de crochê, apesar de costume milenar, ressurgiu no Japão apenas nos anos 1980 acompanhando o mercado que tinha como foco jovens do sexo feminino que inundava prateleiras com produtos como a boneca Hello Kitty. Logo o desejo por brinquedos e objetos com aparência meiga, assim como a da boneca, criou demanda o suficiente para motivar revistas de grande audiência feminina a publicar receitas passo-a-passo de como criar amigurumis. A prática se popularizou e em 10 de Janeiro de 2002 quando a Associação Japonesa de Amigurumi foi criada, a técnica já contava com vários livros e revistas de passo-a-passo disponíveis em japonês. Com a popularização da cultura japonesa ao redor do mundo, o amigurumi também ficou conhecido em outros países, principalmente por meio de fóruns e blogs em que receitas são criadas e distribuídas muitas vezes gratuitamente.

O amigurumi é constituído de formas geométricas, geralmente com cabeça e tronco em forma de esfera e membros cilíndricos. O corpo enfatiza olhos e cabeça grandes, com tronco mediano e membros desproporcionalmente pequenos. Cabeças podem ou não conter narizes e boca, com grande variedade nos materiais que podem ser usados para os olhos. Os tamanhos de um amigurumi pronto em sua maioria variam de 10 a 30 cm, articulações feitas de arame são bastante utilizadas para que o boneco possa se manter em posições específicas.

A confecção de um amirugumi em crochê é feita com lã mediana e agulha 4 mm. Apesar das múltiplas técnicas existentes, a prevalecente é a do uso de ponto baixo aliado ao anel mágico que evita o furo junto ao centro da esfera; reduções invisíveis conhecidas como invisible decrease são usadas para manter a consistência do ponto impedindo que o recheio vaze.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo