Destaques

Polícia Federal faz ação de combate ao tráfico interestadual de ecstasy que chegava via Correios em MS

Conforme a investigações, que tiveram início em setembro de 2019, o suspeito recebia droga de outros estados e revendia para usuários de Três Lagoas, na região leste do estado.

A Polícia Federal (PF) deflagrou operação de repressão ao tráfico interestadual de drogas por via postal, em Três Lagoas, região leste do estado, nesta sexta-feira (7). Conforme a investigações, que tiveram início em setembro de 2019, o suspeito recebia droga de outros estados e revendia para usuários na cidade.

Na ocasião, o homem foi preso em flagrante enquanto recebia, via Correios, droga sintética (MDMA ), também conhecida como ecstasy. Dias depois, uma segunda encomenda com droga destinada a mesma pessoa foi apreendida.

Da mesma forma, a PF também identificou outros envolvidos no esquema criminoso, os quais remetiam as encomendas ilícitas. Nesta sexta (7), ao deflagrar a operação Escobart, três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na cidade, além de três mandados de prisão temporária, nos municípios de Petrópolis (RJ) e Porto Alegre (RS).

A PF explicou que o nome da operação faz menção ao codinome utilizado por um dos fornecedores das remessas de drogas apreendidas.

Até o momento, ainda conforme a PF, houve uma prisão em flagrante em Petrópolis, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e um termo circunstanciado por posse de droga para consumo pessoal, em Porto Alegre.

Fonte: G1 MS
Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo